recíproco?

Escrito por: Gislei 29 de julho de 2016
separtitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitle
antes eu achava que todo casal tinha uma relação recíproca, achava que bastava estar junto pra ser recíproco, ser amor. me submeti a fazer menos de mim pra fazer mais da outra pessoa, tudo em nome de uma relação "recíproca". tudo em nome do meu sentimento pela outra pessoa. 
e aí notei que:
1. eram somente os meus sentimentos, porque não existia os nossos; não existia o nós no contexto.
2. pra ser recíproco, a outra pessoa não deveria fazer por mim também? não deveria ter amor de ambos os lados?
3. não dá pra manter amor por dois quando se é só um.
4. nunca foi recíproco.

só estar com o outro não basta para ser recíproco.

O que você não resolve na mente, se transforma em doença!

Escrito por: Gislei
separtitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitle

Falei em um post anterior sobre uns sintomas que eu estava sentindo, e que achava que era alguma doença proveniente do tempo, ou algo visto como genérico, até que em uma consulta o médico me falou que era psicológico, fiz um bateria de exames e nenhum deu alteração, por fim, recebi o resultado final que todo o desconforto que eu vinha sentindo no decorrer do mês de junho foi devido a problemas psicológicos e pensamentos mal resolvidos presos em minha mente. Por fim, estou quase 100%, pesquisando por ai encontrei alguns artigos muito interessantes sobre o assunto, e resolvi da uma pincelada aqui no blog.

SOMATIZAR: Transformar (conflitos psíquicos) em afecções de órgãos ou em problemas psicossomáticos. Todos nós sabemos, ou deveríamos saber que uma determinada somatização de quaisquer tipos de sentimentos e pensamentos negativos, situações mal resolvidas, palavras não ditas geram problemas ainda maiores do que somente o stress. Hoje em dia, já se é comprovado a total influência mental e emocional em seu estado de saúde.

Sabemos que obviamente não se trata somente disso, porém como o próprio título deste artigo diz o que você não resolve em sua mente seu corpo transforma em doença. E como isso funciona?
Muito simples você acumula dentro de si tudo que deveria se livrar. Stress acumulado, preocupações, sentimentos negativos, enfim, tudo o que não deve lhe pertencer. Isso gera a tal falada “somatização”. Você concorda comigo que se seu corpo está com algum problema, para que você saiba que ele não está bem, ele precisa “avisar”? Isso envolve: sistema muscular, sistema respiratório, sistema cardiovascular entre outros.

SINAIS CEREBRAIS

Apesar de mudar de pessoa para pessoa, a somatização é explicada cientificamente. Raiva, paixão, tristeza, medo e uma série de emoções causam alterações no organismo, liberando ou inibindo a produção de substâncias, como adrenalina, cortisol e serotonina.

Quando a pessoa fica durante muito tempo submetido a uma situação diferente, ela desencadeia mudanças no sistema nervoso autônomo, responsável pelos batimentos cardíacos, pela temperatura corporal, pela digestão, pela respiração e pela sexualidade. Além disso, provoca mudanças no sistema endocrinológico, que produz uma série de hormônios, e no sistema imunológico, responsável pela defesa do organismo.
Desse modo, a bagunça no corpo começa e os sintomas aparecerem – o local escolhido depende da herança genética e racial de cada pessoa. “O indivíduo tende a somatizar nas áreas do corpo que já estão mais fragilizadas ou já tiveram um problema no passado. Depende das reações e da composição física de cada pessoa”, afirma Dr. Leonard Varea. Então faça uma limpeza em seu “lixo” interior, livre-se do que pode lhe trazer danos maiores. Ame-se e resolva-se consigo mesmo para que seu corpo e sua mente não somatizem e lhe tragam possíveis novas doenças.

pare de adiar.

Escrito por: Gislei 6 de julho de 2016
separtitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitle

Você é o tipo de pessoa que está sempre adiando as coisas? Seja o regime, os exercícios, aquele curso de línguas ou decisões como sair do emprego ou relacionamento que não lhe fazem mais feliz?

Então, quero que se pergunte agora: o que você realmente ganha em adiar? Se você espera que ao deixar para amanhã você se sentirá mais forte e determinado, é bom perder esta ilusão, pois a cada dia em que deixamos de viver realmente, que não nos permitimos mudar e que alimentamos esta sensação de impotência, mais fracos vamos ficando.

Se permita ser quem você realmente é.

O futuro é a repetição do presente. Neste sentido, se hoje você se sente fraco e cheio de medos, como amanhã poderá ser completamente diferente? Desse modo, seja resolutivo. Não importa muito quais são suas escolhas, apenas faça-as, sinta-se novamente no comando. Se permita ser quem você realmente é e não fique empurrando com a barriga situações que não fazem mais sentido.

Sei que é difícil mudar, que é angustiante sair de uma situação na qual você se acomodou para se lançar novamente ao desconhecido. Porém, sem isso, não há evolução, nem chance de felicidade. Você não quer ficar sentado por aí vendo sua vida do lado de fora, como se fosse um mero e indiferente expectador.

Viva e se arrisque! Isso é o melhor que você pode fazer!

acentuando a situação..

Escrito por: Gislei 1 de julho de 2016
separtitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitle
Ao meu ver as coisas estão se acentuando, já era tempo. Tive ruim esses dias ai, com uma falta de ar inexplicável e sem origem, cheguei a pensar que fosse devido ao cigarro mas acho que era só o corpo cansado de tantos dias de festa mesmo e toda pressão psicologística que eu mesmo me submeti. Mas tudo tem se resolvido bem, o velho amor platônico já não me assombra mais, tenho descobrido que todo o amor que senti e ainda sinto deve ser mantido livre como sempre foi, e me permitido viver novas experiencias também, afinal não posso e não pretendo viver minha vida agarrado a alguem que nunca olhou pra mim com os mesmo olhar apaixonado que carrego desde 2013, hoje sem esperar acabei por ver tal pessoa novamente e a taquicardia foi inevitável mas dessa vez não foi pesada, foi leve e sutil, como o querer bem de alguem da familia. Por fim voltei com tudo aos cigarros e alcool, o acool só nesse tempo de festa mesmo, afinal ainda é tempo de São Pedro, e não podemos perder a tradição, tudo desculpa pra se embriagar e viver a vida com menos responsabilidade.

Ontem estive no povoado de recife aqui proximo a Cafarnaum, fomos comemorar o niver de nosso amigo Léo, esposo de Valderlania, fui com minha grande amiga Carol, são momentos simples mas de grande importancia, estar com pessoas que nos fazem bem, e querem o nosso bem realmente é renovador. Estou me dando melhor comigo mesmo, aceitando que todo o problema que sofri nas ultimas semanas achando ser uma grave enfermidade não passava do poder de meu pisicologico descarregando nesse corpo emotivo toda pressão, e o coitado do corpo suportando como podia, mas estou controlando melhor minha mente, e sabendo lhe dar muito bem com as pessoas. Ultimamente tenho cortado quase de forma definitiva pessoas negativas de minha friendlist, cheguei em um momento de minha vida, que quero perto de mim pessoas que me querem bem, sem mascaras ou falsidade, sempre fui muito intuitivo pra isso, e agora estou sabendo disernir muito melhor tudo isso. Grandes revelações marcaram este mês de junho, e realmente me sinto bem mais liberto com tudo que Deus permitiu que ocorresse. 

Desejo a vocês uma noite maravilhosa, e que seus sonhos se tornem reais. Bjão, Giz. *