10 de outubro de 2019

Ainda há luz na antiga blogosfera?

Foto Acervo 2018

Senta que lá vem história.. É complicado chegar aqui depois de tanto tempo e vir com explicações fajutas, que não seriam tão fajutas se pudesse decifrar com palavras tudo que vivi nesses últimos meses. A vontade e empenho que tinha de contar minhas histórias, talvez como um desabafo, como uma ânsia que surge e toma conta de tudo, já não era mais a mesma de 2012, quando criei esse blog, mas não era justo deixar esse espaço que mudou tanta coisa em minha vida abandonado, me lembro de tanta coisa boa que o blog me proporcionou, tantas amizades que surgiram a partir daqui, e tanto que o mesmo contribuiu para caminhos que não esperava em meus tempos de panico. Foi devido ao blog que decolei no twitter, e também no instagram, nesse ultimo nem tanto como o primeiro.

Sinto falta quando a blogosfera era viva e fértil, quando sentávamos para ler as histórias e cotidiano das outras pessoas, e as vezes ficávamos ansiosos esperando o próximo post daquele blog que gostávamos tanto, me recordo como me fascinava com as histórias da Lolla e suas aventuras no exterior, e como me inspirava com a vida da Manu do Notas Sobre uma Escolha. Infelizmente (ou felizmente para alguns) os tempos mudaram. Os blogs já não são mais despretensiosos, tudo é muito forçado e artificial, as pessoas preferem um conteúdo mais mastigado, existe mesmo que de uma forma sutil ou as vezes nem tanto assim, uma guerra por quem tem o layout que chama mais atenção ou o vídeo com mais like no youtube. Me sinto em uma terra estrangeira na web, a maioria dos blogs que eu seguia simplesmente desapareceram ou tivera seus domínios leiloados, alguns se adaptaram e viraram canais no youtube incríveis com conteúdos fantásticos, outros não resistiram. Entretanto boa parte da antiga blogosfera sumiu. Isso não é um protesto contra os novos modelos de blog, se é que assim o podemos chamar, acredito que tenha espaço para todos na web, mas uma queixa ao desaparecimento silencioso e sufocado dos antigos que ajudaram a erguer esse modelo.

Esses dias me peguei revendo alguns blogs que estão indexados no meu blogroll ainda se utiliza esse termo?, e o êxtase tomou conta de mim mais uma vez, resolvi dar uma nova chance ao blog, primeiro pensei em mudar a plataforma, há um bom tempo andava paquerando a plataforma do tumblr, tentei reconfigurar o domínio, mas a adaptação aos novos códigos base terminaria de matar o blog, foi então que regredi ao velho e bom blogger, dessa vez o mais minimalista possível; E depois de uma guerra com o css e html consegui deixar responsivo e acessível para as plataformas moveis que hoje são a fonte da maioria dos acessos. Para ser sincero o meu blog não esta aqui para atender as expectativas de ninguém, ele sempre esteve aqui para compartilhar histórias e é exatamente assim que pretendo o manter. Agradeço aos céus pelos leitores que surgiram e permaneceram com o passar dos tempos, se de alguma forma aqui chegaram, eram exatamente as pessoas que eu gostaria de compartilhar minhas histórias ou um copo de cerveja em uma tarde de sábado

Acredito que aquelas pessoas da antiga escola da blogosfera ainda estão por ai, e saibam meus amigos que não estão só. E eu estou aqui ansioso para ler vossas histórias e experiências.
Até breve, Giz :)

Nenhum comentário

Postar um comentário

© 2012/ Gislei | Código Base Maira Gall