enquanto a vida for minha..

Escrito por: Gislei October 09, 2014
separtitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitle

Muito se tem falado de minha vida nessa pequena cidade onde o Eterno permitiu a minha morada. Meu nome é conhecido e muito se vem a especular sobre ele, até porque, ninguém sabe ao certo quem eu sou; nem mesmo eu, mas isso vem a incomodar as más línguas que buscam incansavelmente entender a vida de todos na intenção de comentar em suas janelas com quem estiver disposto a ouvir, não me importo com o que as pessoas dizem ou deixam de dizer.

Não é porque até pouco tempo me viam frequentando os cultos protestantes que não podem me ver hoje em um barzinho qualquer até a hora que eu bem desejar. Gosto de festas, alegria, movimento, tequila, whisky caro, cerveja, baladas, boas conversas e tudo que uma boa noite de movimento puder proporcionar.. Mas isso vem a incomodar muito algumas pessoas que pelo visto acham que podem reger minha existência como fazem com suas vidas infelizes. Esses dias percebi que em minha vida mando eu, seria perfeito se todos parassem para sentir o quão bom é ser livre, e ter autonomia para tomar as próprias decisões da vida sem a interferência de nada ou ninguém. No cristianismo muito me foi dito que deveria agir como uma ovelha muda e quieta, "que pode isso e não pode aquilo", que eu tenho que seguir isso e aquilo ou então.. vou acabar queimando para sempre no inferno. Ai eu percebi que as coisas não estavam certas. Eu nasci livre, sou livre e vou morrer livre.

Tudo me serviu apenas de impulso para iniciar um novo ciclo, e porque não uma nova jornada em minha vida, onde eu possa tomar a rota que quero e pretendo seguir. Não me vejo sem nenhuma religião tive boas experiencias no cristianismo, e algumas visitas de vez em quando realmente não faz mal a ninguém, mas não o vejo mais como uma religião pra chamar de minha. Gosto do misticismos, gosto de entender e experimentar os mistérios dessa tão curta jornada que chamamos de vida. Espero que em toda manha junto com os primeiros raios de sol esse desejo de constante mudança venha a nascer em mim, e iluminar todo o meu ser, o melhor sempre iremos manter, e a evolução é inevitável, pena que para muitos evoluir seja sinônimo de rebelar-se. No entanto nesse momento de transição a unica coisa que busco é estar em paz comigo mesmo, cuidar de quem eu amo, e atrair para meu circulo aqueles que plantam a semente do amor. Sem obrigações, medos, ameaças, cobranças nem recompenças porque a melhor recompensa é colheita das sementes que aqui plantamos.

4 comments :

  1. Acho essa história de pode isso, mas não pode aquilo, tão ultrapassada! Se os cristãos e todos aqueles que seguem a Bíblia fossem segui-la de verdade, não fariam muito de suas vidas. Não pode misturar duas tramas de tecido, não pode aparar a barba, gente! É muito fácil selecionar os trechos com os quais concordam e esquecer de todos aqueles que não se encaixam na vida que leva. Acredito que há uma espiritualidade maior que nos rege, mas me pedir pra seguir ipsis litteris aquilo que está nas escrituras é pedir demais. Seja você mesmo, sempre buscando conhecimento e livre na medida do possível. Como você mesmo disse, a vida é sua e só você sabe como melhor vivê-la.

    Um beijo!

    ReplyDelete
    Replies
    1. gracioso seu comentário ♥

      Delete
  2. Também acredito que cada um deve cuidar do seu próprio ser, mas isso é algo que a sociedade nunca vai aprender. É meio que automático, mesmo que você não se manifeste, seu julgo está na cabeça. O problema é as pessoas manifestarem-se ou não... Acho que o motivo pelo qual os Cristão serem de certa forma, hipócritas, é o fato de serem maioridade no mundo. Me refiro ao geral, não estabeleci um tipo de igreja, até porque não tem absolutamente nada a ver uma com a outra. E cara... sei lá, vai ser feliz! Phoda-se os outros. Como diz a Pitty: "o importante é ser você, mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro...".

    Até breve,
    Persuadir.

    ReplyDelete
    Replies
    1. também acredito que cada um tem um "julgo", porém como disse é um direito de cada um levar o "julgo" como pretender, e porque não o transformar em uma coisa boa e construtiva, essa é a enfase da vida! :)

      Delete