coração turista

22 de abril de 2018

Saudade eu catalogo mas paixões eu não mantenho, que eu mesmo me interrogo quantos corações eu tenho. Que coração é esse que escuta e faz promessa, desperta o interesse mas depois não se interessa. Coração! que carma você tem? Que envolve todo mundo, entretanto não se envolve com ninguém.
Meu coração tem sido como um músculo de borracha que quer ficar perdido toda vez que alguém o acha, meu coração carente é um cofre de mistério, brincou com tanta gente que ninguém o leva a sério. Meu coração tem hora que prefere estar sozinho depois chorando implora uma esmola de carinho, de tanta crueldade que meu coração apronta virou propriedade que ninguém quer tomar conta.
Com juras ilegítimas, até breve e um talvez, não tem quem conte as vitimas que meu coração já fez; Meu coração turista bandoleiro e vagabundo promete amor à vista e dá calote em todo mundo.

Nenhum comentário

Postar um comentário