domingo, 19 de novembro de 2017

Resiliência

A resiliência é a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, adaptar-se a mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas - choque, estresse, algum tipo de evento traumático, etc. Tenho tentando chegar a resiliência..
Esses dias da janela de meu quarto observava uma avião pegando vôo, e observava com calma o quanto ele deixava um risco no céu que aos poucos ia se apagando, apagando, até sumir completamente. Percebi que algumas situações que passamos são assim. Então me levantei, sacudi a poeira que estava em minha alma triste, e resolvi reassumir minha postura de forte que sou, mascarar algumas tristezas e dar espaço a sorrisos. Algumas coisas boas aconteceram nesse meio tempo, como um novo contrato com uma agencia autentica e séria, espero que os resultados dessa nova parceria sejam positivos.

Passando pelo facebook li algo mais ou menos assim:
Acredite em você. Pés no chão, pois nada é fácil. Terá seus momentos, onde trocará sua coroa protetora dada por seus pais, por uma armadura. 
Nesse exato momento, perceberá que estás só. E que mais do que nunca, precisa ir dentro do seu interior buscar forças, onde pensas que não existe mais, para dar continuidade a sua luta pelo seu espaço e assim a esperança de que alguém surja nos seus caminhos e lhe ame, o admire e o respeite pelo que você é. 

Não vou me tornar uma pedra e não vou me fechar para a vida, vou me dedicar mais a mim. Não quero ficar sofrendo, chorando e pensando em tudo que acabou, ou melhor nem começou. Quero um tempo para aproveitar e sugar tudo o que há de bom, recarregar as energias, descobrir novos lugares para ir num sábado à noite, conhecer pessoas que nunca quis conhecer, terminar a minha lista de séries no Netflix, descobrir onde tem o melhor cappuccino, fazer um tour gastronômico pela cidade e planejar a minha próxima viagem. Esse meu coração teimoso precisa aprender a reencontrar o tal do amor próprio.

Hoje, tive um encontro comigo e descobri coisas que antes, sei lá, passavam despercebidas talvez. Mas sabe, meu sorriso é mesmo bonito, e sou a pessoa mais sincera e convicta que já conheci. Não tenho preferência musical e meu gosto é um tanto quanto diferente, estranho talvez. Meu abraço é o melhor do mundo e sei apoiar alguém, como ninguém. Realmente, fico lindo de pijama, e tenho me apaixonado por mim mesmo a cada dia.

Alguém estava certo quando dizia que me faltava coragem, às vezes, para lutar pelo que eu queria e que eu precisava não me esconder tanto do mundo, não precisava me defender tanto das pessoas e, por mais que as feridas fizessem morada em mim, eu precisava me esvaziar da dor. Estou seguindo este conselho e tem dado muito certo. As lagrimas secaram, estou me desprendendo de relações que não vingaram, mas não por falta de interesse ou insistência minha, dando tempo ao tempo. Vivendo a vida como se fosse o ultimo dia, curtindo minha companhia e das pessoas agradáveis que me cercam. Colhendo bons resultados e construindo o meu futuro sem medo do passado.

Obrigado aos leitores pelas mensagens de apoio que chegam em meu twitter, instagram e e-mail. Isso é o que mantem o blog vivo. Oceanos de beijos e gratidão.
Gislei Brasil Neville.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© gislei
Maira Gall