quinta-feira, 9 de julho de 2015

alimentação e fitoterápicos para enfrentar o inverno

Dicas para o inverno por uma Naturóloga.

Neste artigo trago a visão da Naturologia como estilo de vida e bem-estar, para esta época do ano, o inverno, e este ponto de vista só é possível devido a versatilidade do naturólogo e de seus principais objetivos: reequilíbrio do corpo, da mente, das relações humanas e do meio ambiente.
O inverno é uma época onde predomina clima frio e seco, devido a baixa umidade do ar. É nesta estação principalmente que surgem as doenças respiratórias como: asma, bronquites, sinusites, rinites, dores de garganta entre outras. A alimentação deve ser em sua maioria à base de alimentos com maior teor energéticos e calóricos, para suprir as necessidades do organismo para manter nossa homeostase (equilíbrio). O organismo gasta mais energia para se manter aquecido e se prestarmos atenção aos alimentos que ingerimos poderemos ajudá-lo a manter suas funções.

Para as pessoas que sabem que ao entrarem nesta estação começam a apresentar sintomas relacionados a problemas respiratórios, podem iniciar a ingestão de uma tintura fitoterápica indicada por um naturólogo, composta de plantas que fortaleçam o sistema imunológico para dificultar o aparecimento dos mesmos. Além da tintura, componentes fitoterápicos podem ser utilizados na alimentação, com suas propriedades terapêuticas contribuindo para o fortalecimento do organismo. Sementes de romã podem ser acrescentadas em saladas, vitaminas e sucos para auxiliar nos problemas com a garganta.

Uma deliciosa sopa também é uma ótima opção para aquecer o corpo e ao mesmo tempo nutrir o físico, a mente e a alma. Indicarei uma sopa chamada de “derruba gripe”¹, do delicioso livro Chef Medicinal.

Segue a receita:
1 cebola roxa picada;
4 dentes de alho picados;
1 pedaço pequeno de gengibre bem picado;
1 pimenta verde picada;
2 colheres de azeite;
2 batatas doces cortadas em cubos com casca;
1 punhado de cogumelo shitake cortado em fatias;
2 punhados de goji berry e caldo de legumes suficiente para cobrir os ingredientes.

Modo de preparo:
Refogue a cebola, o alho, o gengibre e a pimenta com azeite em uma panela grande. Cozinhe por cinco minutos e acrescente a batata doce, o cogumelo e a goji berry e cozinhe em fogo baixo por 15 minutos. Desligue, tempere com sal e pimenta a gosto e depois bata no liquidificador até ficar uniforme. Esta sopa contém ingredientes perfeitos para quem está com gripe, com propriedades anti-inflamatória, antiviral e imunoestimulante.

Para aqueles que apresentarem tosses, falta de ar, coceiras na garganta, podem utilizar métodos pertencentes a Aromaterapia. Durante o banho pode-se pingar no chão do boxe 6 gotas de óleo essencial de Eucalipto globulus, pois ao entrar em contato com a água morna do banho, este óleo essencial volatizará e auxiliará na melhora da parte respiratória. Uma outra opção para auxiliar no relaxamento e no sono profundo é pingar 3 gotas de óleo essencial de Lavanda em um pedaço de algodão e colocar embaixo do travesseiro, para que o aroma possa induzir o sono reparador.
É importante instruir o leitor a diferença entre óleo essencial e essência. Ambos poderão ser encontrados na farmácia de manipulação, porém somente o óleo essencial apresentará propriedades terapêuticas. Antes de comprar verifique na embalagem corretamente para que não haja nenhum problema em sua utilização.

Uma boa pedida antes de dormir é fazer um escalda pés com água morna e uma xícara de chá de Camomila ou Hamamelis, para relaxar e ativar a circulação e consequentemente aumentar a temperatura corporal. Não é preciso descartar a água após o escalda pés, aproveite a sensação e fique na cama. Esta água deixada no quarto servirá para umidificar o ar do ambiente.
Com estas dicas seu inverno ficará muito mais gostoso. Experimente!

Um post de Bruna Rei Freitas
Referências: 1. PINNOCK, Dale. Chef Medicinal – Caminho para uma alimentação saudável. Editora Senac. São Paulo, 2014.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© gislei
Maira Gall