Bruxaria, bem mais que um caminho..

Escrito por: Gislei GISLEI BRASIL, GISLEI, Gislei, G I S L E I, g i s l e i, G i s l e i quarta-feira, 26 de novembro de 2014 ,
separtitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitlesepartitle

Hoje em dia, está na moda dizer que é "bruxa/bruxo". Muitas pessoas decidem, um belo dia, "Quero ser bruxa!" Então, leem um livro ou dois a respeito de Bruxaria, vestem-se de preto, colocam um pentagrama no pescoço e saem dizendo para quem queira ouvir (e para quem não queira, também), com um olhar misterioso, que são "bruxas". A Bruxaria é uma Religião, um estilo de vida, como outro qualquer. O fato de uma pessoa ter o Dom, ter a Visão, não significa que ela já seja uma Bruxa. Muitas pessoas têm este Dom. Mas é necessário desenvolvê-lo e acima de tudo aprender a usá-lo com consciência e responsabilidade.

É necessário estudar muito, dedicar-se muito, até poder afirmar que é um Bruxo ou Bruxa. Eu não estou dizendo que seja obrigatório passar por todo o processo de estudo de alguma tradição, com suas iniciações e graus. Isto pode até ser dispensável. O que não pode acontecer, de maneira alguma, é que uma pessoa tome a decisão de se "iniciar" na Bruxaria e faça isto levianamente. Ignorando o fato que a "verdadeira" Iniciação começa de dentro para fora, e não o contrário.

Não basta ler 200 livros, copiar algum Ritual de Iniciação e marcar uma data para fazê-lo, porque isso não vai passar de um monte de palavras e gestos vazios e sem sentido, se a pessoa não estiver devidamente preparada, ainda. Se não tiver encontrado o equilíbrio dentro de si mesmo. Se não tiver passado, antes, pelo processo de dedicação. Talvez devido aos séculos de perseguição, uma área profundamente desenvolvida dentro da Bruxaria é a ética. E estes "bruxos iniciados" que estão aparecendo por aí, aos milhares, parecem ignorar completamente a Ética da Bruxaria.

Em primeiro lugar, a Bruxaria não é um instrumento para alimentar o ego de ninguém. Não é um instrumento para obter poder sobre ninguém. Nós jamais usamos magia manipulativa, que possa interferir no livre-arbítrio de terceiros. Mas... o que mais se vê por aí? Estas "jovens bruxas" fazendo "feitiços de amor" para atrair a atenção de alguém. Isto é magia negra -ou sei lá que cor- Bruxas não fazem isto! Talvez eu pareça muito duro e implacável com estas pessoas. Mas o que acontece é que, por causa delas, o estereótipo da bruxa irresponsável e sem escrúpulos continua a ser fortalecido. Enquanto nós, Bruxos e Bruxas, temos lutado (e muito) para desfazer esta imagem negativa, estas pessoas disseminam exatamente o conceito que nós queremos desfazer.

É óbvio que, se você chegou até aqui, é porque tem interesse na Bruxaria. A única coisa que nós pedimos (tanto eu, quanto qualquer bruxo sério que ama a pratica da arte) é que, se este interesse é sincero, estude. Estude muito, pesquise, converse com você mesmo e resgate as perguntas certas. Quando a resposta chegar, você vai saber se este realmente é o seu Caminho. E eu sinceramente, espero que seja!! ×

Nenhum comentário :

Postar um comentário